Você poderá ver Urano a olho nu esta semana

13/09/2020

Muitos não sabem, no entanto, às vezes é possível enxergar Urano a olho nu, embora seja uma tarefa um tanto trabalhosa. E esta semana é um bom momento para se realizar essa tarefa, principalmente na madrugada entre os dias 13 e 14.

Mais fáceis de se enxergar

Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno são os planetas mais fáceis de se enxergar a olho nu, e são esses os planetas conhecidos há milênios pela humanidade.

Entre eles, os mais brilhantes são Vênus e Júpiter. Ambos são extremamente brilhantes – muitas vezes os pontos mais brilhantes do céu. Vênus surge logo após o pôr do Sol, e próximo ao amanhecer. Júpiter fica mais visível nos horários mais distantes do nascer e pôr do Sol.

Melhor horário

Todavia, ver Urano será uma tarefa um pouco mais complexa. O melhor horário para vê-lo é durante o início da madrugada, pois estará mais alto no céu. Diversos aplicativos podem ser usados para localizar melhor. 

Dicas

Um dica é procurar por Marte, que é mais fácil de se enxergar. Veja um ponto avermelhado que não cintila. É Marte. Urano está logo abaixo. Outra dica é utilizar aplicativos de carta estelar, como Stellarium e Sky Map.

Urano a olho nu, sinônimo de confusão

No entanto, não é tão simples assim de se enxergar. Não é à toa que Urano foi descoberto em uma época relativamente recente – 13 de março de 1781, mais especificamente.

Ele já havia sido observado anteriormente por diversas pessoas nos séculos anteriores. Entretanto, ninguém o catalogou como planeta. Alguns chegaram a confundi-lo com uma estrela.

Um cometa?

Quem o “descobriu” foi Sir William Herschel. Na ocasião da primeira observação, em 1781, notou que ele se movia rápido demais para ser uma estrela. Então, em 26 de abril de 1781, o classificou como um cometa.

Embora tenha havido tal confusão, ele não foi descoberto a olho nu. Foi o primeiro planeta descoberto com um telescópio. É que Urano está bastante longe, e era difícil ver muitos detalhes com os telescópios da época.

Além disso, um astrônomo alemão chamado Johann Elert Bode, que mais tarde também viria a se tornar membro da Royal Society, também entrou na brincadeira das observações daquele novo e misterioso objeto encontrado. 

Após muitas observações, Johann Bode percebeu que aquela órbita não poderia ser de um cometa. Portanto, era um planeta. A órbita era quase circular, e um cometa possui a órbita extremamente achatada.

Planetas a olho nu

Embora fosse visível a olho nu em alguns momentos, por algum motivo, pensava-se anteriormente se tratar de uma estrela. E sim, é possível identificar planetas a olho nu.

A primeira e mais notável diferença está na forma do brilho de cada um. Via de regra, uma estrela cintila bastante, enquanto o brilho de um planeta é bem mais estático.

Planeta é uma palavra que vem do grego, e significa “errante”, “vagabundo”. Os planetas receberam esse nome, pois eles se movimentavam bastante pelos céus, e não eram tão “regrados” quanto as estrelas. 

Por essa diferença na órbita que diversos povos sabiam que se tratava de algo diferente das estrelas.

Justamente por essa capacidade de fácil distinção entre estrelas e planetas, é estranho que tantas pessoas tenham confundido Urano com uma estrela, mesmo no passado. 

ENEMEX é a melhor plataforma em tua preparação...

Quer mais conteúdo?

Visite: www.enemex.com.br/blog

Fonte: SóCientífica

Escreva para nós!  Mande sugestões!  E-mail: comunicacao@enemex.com.br

#aescolapúblicaprecisadevocê

Notícias mais lidas

Filha e pai faxineiro são aprovados juntos na Universidade Federal do Ceará

Imagem noticia mais lida

“Já me considero um grande vitorioso, em chegar até aqui”

Hoje médica, filha de gari recebe primeiro salário e começa a ajudar o pai

Imagem noticia mais lida

A jovem faz residência em clínica médica e vai se especializar em gastroenteorologia

Chega a São Paulo a École 42, escola francesa que ensina programação sem cobrar nada

Imagem noticia mais lida

"Queremos formar profissionais para se tornarem líderes na área digital no Brasil"

Google recruta estudantes de todos os cursos para estágio em São Paulo

Imagem noticia mais lida

O Google vai dar ajuda de custo para quem precisar se mudar de cidade

Programa Jovens Embaixadores abre inscrições para Ensino Médio

Imagem noticia mais lida

Direcionado a jovens de 15 a 18 anos que estejam cursando o Ensino Médio na rede pública.