Agência da ONU recebe inscrições para programa gratuito de liderança em saúde nas Américas

16/01/2018

Profissionais com experiência gerencial ou executiva em saúde pública, relações internacionais e áreas afins têm até 15 de fevereiro para se candidatar ao Programa de Líderes em Saúde Internacional Edmundo Granda Ugalde (PLSI) 2018. Idealizada pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), iniciativa oferece treinamento sobre políticas públicas, gestão e cooperação global para a troca de conhecimentos. Em quase uma década, mais de 420 participantes concluíram a formação.

A sessão de 2018 começará no início de maio.  Os candidatos selecionados participarão de atividades virtuais de aprendizagem com a coordenação do escritório da OPAS em seus países de origem.  Durante esse período, permanecerão trabalhando em suas respectivas instituições.

Também será realizada uma reunião presencial com outros participantes e a equipe técnica do programa. Nesse encontro, todos trabalharão em seus projetos finais, que estarão relacionados às áreas prioritárias do trabalho em saúde de seus países, sub-região ou região.  Esses programas poderão ser desenvolvidos em coordenação com a OPAS, autoridades nacionais e outros organismos.

A capacitação em liderança é gratuita e tem vagas limitadas.

Para participar, é preciso ter excelente conhecimento da língua inglesa ou espanhola.  Mais informações sobre a candidatura e o programa estão disponíveis nos seguintes links:

Inglês – http://www.paho.org/hq/index.php?option=com_content&view=article&id=12754&Itemid=3499&lang=en
Espanhol – http://www.paho.org/hq/index.php?option=com_content&view=article&id=12754&Itemid=3499&lang=es

Para candidatos no Brasil, os documentos devidamente preenchidos deverão ser enviados para Mercedes Vaz, pelo e-mail: vaz@paho.org.

Liderança em um mundo globalizado

Segundo a OPAS, a globalização e a adoção de marcos internacionais — como a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável da ONU e a estratégia de saúde universal da Organização Mundial da Saúde (OMS) — exigem mais conhecimento, da parte dos profissionais, sobre acordos bilaterais e multilaterais.

O programa de liderança busca formar profissionais de saúde que possuem conhecimentos sobre o impacto do desenvolvimento internacional no bem-estar da população.  Com o treinamento, alunos se tornam aptos a identificar, analisar, defender e projetar os interesses em saúde de seus países dentro de um contexto global complexo.

Diplomacia em saúde, cooperação internacional, saúde internacional, desenvolvimento sustentável, migração, saúde nas fronteiras, tensões e conflitos, acesso a medicamentos e doenças não transmissíveis são alguns dos temas que serão abordados durante a iniciativa em 2018.

Após finalizar o curso, os participantes terão melhorado seus conhecimentos e habilidades em áreas como análise de situação, elaboração de políticas e tomadas de decisão, negociação, gerenciamento de projetos, produção e intercâmbio de conhecimento e comunicação.

ENEMEX traz um mundo de oportunidades para você...

Quer mais conteúdo? 

Visite: www.enemex.com.br/blog

Fonte: ONU Brasil

 

Escreva para nós!  Mande sugestões!  E-mail: comunicacao@enemex.com.br

Notícias mais lidas

Filha e pai faxineiro são aprovados juntos na Universidade Federal do Ceará

Imagem noticia mais lida

“Já me considero um grande vitorioso, em chegar até aqui”

Hoje médica, filha de gari recebe primeiro salário e começa a ajudar o pai

Imagem noticia mais lida

A jovem faz residência em clínica médica e vai se especializar em gastroenteorologia

Chega a São Paulo a École 42, escola francesa que ensina programação sem cobrar nada

Imagem noticia mais lida

"Queremos formar profissionais para se tornarem líderes na área digital no Brasil"

Google recruta estudantes de todos os cursos para estágio em São Paulo

Imagem noticia mais lida

O Google vai dar ajuda de custo para quem precisar se mudar de cidade

100 Livros de Filosofia grátis para baixar em PDF

Imagem noticia mais lida

O objetivo de se estudar Filosofia é a reflexão crítica.