Unicamp desenvolve moléculas silenciadoras para o controle de pragas agrícolas

14/02/2018

A partir da seleção de genes que permitem o controle de pragas por RNA de interferência, foi desenvolvida, no Instituto de Biologia (IB) da Unicamp, uma tecnologia que pode ser utilizada para o controle de doenças e pragas em plantações agrícolas.

Resultado de uma parceria entre a Universidade e a Tropical Melhoramento & Genética (TMG), o método foi licenciado em caráter não exclusivo para a empresa, que deverá repassar a tecnologia a produtores rurais.  Em princípio, o foco é a utilização da tecnologia em lavouras de soja e algodão.  Contudo, ela pode ser aplicada a qualquer tipo de cultura agrícola.

Todos os seres vivos possuem um mecanismo para lutar contra ataques virais, silenciando seus genes. Pesquisadores descobriram que podemos usar este mesmo mecanismo para “enganar” as células de qualquer organismo e silenciar seus próprios genes, conta o responsável pelos estudos.  Nesta parceria, a Unicamp fornece o know-how de como identificar, selecionar e silenciar genes específicos, enquanto a empresa trouxe seu conhecimento agrário, com foco em pragas e doenças da lavoura.

Tecnologia alinhada com as demandas do mercado

Um dos maiores desafios na produção de alimentos no mundo é combater as perdas agrícolas causadas por pragas e doenças.  Este controle é feito, atualmente, por meio do uso de defensivos agrícolas, que podem ser tóxicos ao meio ambiente e aos consumidores.  Por isso, vale ressaltar que um dos principais diferenciais da tecnologia é o fato de não ser necessário o uso de defensivos agrícolas.

Não se trata aqui de um produto químico, porém de um produto biológico.  Apesar de serem produzidas no laboratório, elas são análogas a moléculas de RNA presentes no ambiente, e são rapidamente degradadas quando não introduzidas na planta ou na praga.

A tecnologia tem potencial enorme, uma vez que pode reduzir ou substituir a utilização de defensivos químicos (inseticidas).  Com isso, o impacto ambiental é muito menor.  Por este motivo, a tecnologia se constitui como uma inovação no controle de pragas e doenças nas lavouras.

Outro ponto que merece destaque é o fato de que técnica não tem interferência sobre outras espécies.  Ou seja, trata-se de uma ferramenta molecular muito específica, tendo o mecanismo de ação determinado por sequência gênica única.  Com isso, torna-se possível controlar uma única espécie ou um grupo de espécies de pragas alvo, não afetando espécies correlatas, inimigos naturais ou outros organismos.

ENEMEX, acreditando que a educação promove transformação e desenvolvimento...

Quer mais conteúdo? 

Visite: www.enemex.com.br/blog

Fonte: Portal da Unicamp

Escreva para nós!  Mande sugestões!  E-mail: comunicacao@enemex.com.br

Notícias mais lidas

Programa Jovens Embaixadores abre inscrições para Ensino Médio

Imagem noticia mais lida

Direcionado a jovens de 15 a 18 anos que estejam cursando o Ensino Médio na rede pública.

Banco Safra abre inscrições para seu Programa de Trainees

Imagem noticia mais lida

Podem se inscrever formados ou estudantes com conclusão de curso entre dezembro de 2014 e dezembro de 2017

O ENEM te leva para estudar na Europa...

Imagem noticia mais lida

Quer estudar no primeiro mundo? As notas do Enem abrem possibilidades para estudar em universidades portuguesas!

Inscrições para o ENEM

Imagem noticia mais lida

Estamos em contagem regressiva... O ENEMEX traz para você as informações sobre as inscrições para o ENEM!