O presente trabalho teve como objetivo promover uma avaliação da utilização de modelos alternativos aos modelos convencionais de reflorestamento para a  recuperação de áreas degradadas(AD) em áreas de preservação permanente (APP). Foram analisados o potencial efetivo de recuperação em APP por meio do uso de indicadores de sustentabilidade aplicados de acordo com os princípios da ferramenta MESMIS…

Para visualizar a tese completa clique aqui!