O CULTIVO INTENSIVO DA CANA-DE-AÇÚCAR E A QUALIDADE DO SOLO. UMA ANÁLISE INTEGRALIZADORA DO PROÁLCOOL

 

A Complexidade do Proálcool | Introdução e Objetivos

 

A presente tese é composta de três partes, que pretendemos representem,  em conjunto, a totalidade mínima que a temática exige para ser tratada com conseqüência e pertinência. Na primeira unidade, confrontaremos opiniões sobre o Proálcool, reunindo, compilando, interpretanto e analisando dados e informações gerais sobre a evolução e a atualidade do cenário energético brasileiro, com especial enfoque no setor agroenergético e nele o programa nacional do álcool.

Ao nos ocuparmos com essas questões, estaremos elaborando um compêndio atualizado sobre o Proálcool (o “estado da arte”) e evidenciando as razões e critérios que nos levaram a optar por aprofundar os estudos na matriz solo. Portanto, a importância desta unidade na estrutura do trabalho se justifica porque sustentam a origem e a validade das duas hipóteses principais do nosso trabalho: a) investigar como o cultivo intensivo da cana-de-açúcar atinge a qualidade do solo; b) modelagem do Proálcool.

Embora esta primeira parte não vise ao esclarecimento e à definição propriamente ditos das hipóteses de nossa tese, é fundamental para a percepção das suas importâncias. Assim, por exemplo, quando apresentarmos um breve histórico, estaremos evidenciando aspectos que nos remetam ao conhecimento de como, historicamente, lidamos com o tema: identificando acertos e equívocos que nos possibilitem embasamento para proposições de redefinições. Particularmente no caso da modelagem, por que esta deverá contemplar um planejamento do setor, todas as informações que possam precisá-lo melhor serão consideradas. Por tudo isto, esta unidade pode ser considerada como uma espécie de âncora das hipóteses principais, mas  certamente despertará para inúmeras questões mais específicas, pontuais e singulares, que ao longo deste trabalho constituirão o que chamamos de hipóteses secundárias.

Embora secundárias, estas hipóteses terão no contexto deste trabalho importância de destaque. Isto porque o caráter meritório de todas elas, que é comum, é definir a totalidade do tema, que sempre constitui um momento do processo de totalização. Sem estas hipóteses, certamente, estaríamos incorrendo no grave equívoco de que as inferências, a formação de opinião e, por fim, o produto  de nossas pesquisas, não compreendendo todo o objeto de estudo, acabem sendo passíveis de críticas estruturais.

 

Para visualizar a tese completa clique aqui!